SIMMMEI distribui mudas no Dia da Árvore

24/09/2018

Representantes do Grupo Estratégico de Meio Ambiente (GEMA) do Sindicato das Indústrias de Itajubá (SIMMMEI) participaram de ação voluntária ecológica, em 20 de setembro, na Feira Agroecológica e Cultural de Itajubá (FACI), que acontece toda quinta-feira na Praça Jornalista Sebastião Inocêncio, no bairro BPS. 

O evento também marcou as atividades pelo Dia da Árvore, que é comemorado em 21 de setembro. Foram distribuídas em torno de cem mudas de árvores, como ameixa amarela, ipê branco e amarelo, pitanga, goiaba, nêspera e grumixama. A atividade na FACI contou com o apoio do Grupo de Dispersores, uma ONG de Brazópolis que realiza projetos socioambientais. 

“Esse projeto do GEMA é incrível porque ajuda a tornar o ambiente urbano, até mesmo o rural, mais verde, o que melhora a qualidade de vida de todos”, disse o estudante Alfredo Ferreira, que levou para casa uma muda de nêspera. Ele pretende plantar a árvore frutífera em sua casa, no bairro Anhumas. 

Para a técnica da ONG Dispersores, Bruna Nascimento, essa parceria com o GEMA “foi muito interessante porque permitiu a sensibilização das pessoas” que frequentam Feira Agroecológica e Cultural de Itajubá. “Espero que possamos realizar novas parcerias com o grupo”, ressaltou. Ela estava acompanhada pela também técnica da ONG, Patrícia Noronha. 

“A doação das mudas na FACI é sempre muito prestigiada pela população, somos muito bem acolhidos por todos. Isso é muito gratificante para todos os representantes do GEMA porque é um indicativo de que conseguimos atingir nosso objetivo principal: incentivar a população a plantar uma árvore e colaborar com o meio ambiente”, ressaltou a gerente do SIMMMEI, Sandra Márcia Cortez Ribeiro. 

Nascentes

Um dos projetos desenvolvidos pela ONG é  o De Olho nos Olhos – Proteção e Recuperação de Nascentes, que pretende recuperar 200 nascentes no Sul Minas. O projeto começou em 2016 e deve terminar no início no próximo ano. 

“O projeto visa dar assistência ao produtor rural que, às vezes, não tem como recuperar uma nascente por conta própria. O projeto disponibiliza assistência técnica, mudas, mão de obra e materiais necessários para fazer a separação da área a ser recuperada, como mourões e arame farpado”, explicou Bruna Nascimento. A ONG produz 50 mil mudas por ano. São mais de 50 espécies nativas da Mata Atlântica. 

Este foi o quarto que a ação do Dia da Árvore foi realizada na Feira Agroecológica e Cultural de Itajubá (FACI). Participaram da ação membros das empresas que integram o Grupo Estratégico de Meio Ambiente: Alfresa, Balteau, Cabelauto, Fânia, Frivasa, GE, Helibras e Stabilus.

 

Fonte: Agência Contexto


Voltar

SIMMMEI - Sindicato das indústrias de Itajubá

ESCRITÓRIO - Rua Major Belo Lisboa, 22
7º andar - Centro
Itajubá - CEP: 37.500-016
(35) 3622-3547