Empresas apresentam resultados do Procompi

22/02/2019

Cinco empresas do setor metal mecânico e eletroeletrônico apresentaram nesta quinta-feira, 22 de fevereiro, os resultados do Programa Lean Manufacturing – Melhoria Contínua, desenvolvido por meio do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi). São elas: RCS Usinagem, Invent, GNS, Erominas e Gima Máquinas, que sediou o encontro. 

O evento contou com a participação de representantes das empresas, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Itajubá (SIMMMEI), do Sebrae e da Prefeitura Municipal de Itajubá. 

“Este é um momento de muita alegria para a indústria de Itajubá. O programa foi um grande motivador para os empresários, e percebemos isso nos bons resultados alcançados nesses seis meses”, disse o presidente  do SIMMMEI, Henrique Sérgio de Paula. O Programa Lean teve início em julho de 2018. “Seria fundamental que cada um dos participantes levasse isso adiante para que os demais gestores da indústria itajubense pudessem entender como um programa de incentivo pode mudar para melhor a realidade do negócio”, completou. 

Para o secretário municipal de Ciência, Tecnologia, Indústria e Comércio da Prefeitura de Itajubá, José Fernando Grassi Bissacot, “é uma grande oportunidade poder participar de um evento tão importante para o ecossistema de inovação e empreendedorismo de Itajubá”. “O que procuramos fazer é justamente isso: estabelecer conexões entre os setores produtivos, fortalecer as iniciativas e firmar parcerias como essa”, ressaltou o secretário. 

Resultados

De acordo com os dados apresentados, as ações e projetos implantados pelas cinco empresas participantes geraram uma economia de, aproximadamente, R$ 3,5 milhões. Também houve um aumento médio de 53% na produtividade das empresas, graças ao conceito Lean Manufacturing: evitar perdas e desperdícios durante o processo produtivo, de gestão e de logística, ou seja, “fazer mais com menos”. 

“É muito bom estar aqui e é um privilégio poder vivenciar os resultados do programa em um grupo tão coeso”, destacou Suzane Peixoto Silveira, coordenadora do programa na CNI, em Brasília. Para ela, o papel da CNI é promover a competitividade e melhorar o ambiente de negócio “para que vocês, empreendedores, possam atuar com tranquilidade e gerar renda e riquezas, enfim, o desenvolvimento do país”. 

“Estou colhendo os resultados de um trabalho que teve início em julho do ano passado, e isso é muito motivador. Desde que aqui cheguei, só tiver a oportunidade de participar das ações finais do Procompi, mas espero poder contribuir mais em 2019”, disse a gestora do Sebrae da Microrregião de Itajubá, Andressa Cristina da Silva. Ela assumiu a função há cinco meses. 

De acordo Leila Lúcia Alves Fonseca, diretora proprietária da Gima Máquinas, a mudança na empresa, após o programa, foi “total e radical”. “Só tenho a agradecer a todos os parceiros. A gente mudou tudo mesmo: a maneira de pensar, de produzir e até mesmo o layout da empresa”, contou aos presentes. 

PROCOMPI

O programa é uma parceria entre a Confederação Nacional da Indústria (CNI), Sistema FIEMG e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para elevar a competitividade das micro e pequenas indústrias por meio do estímulo à cooperação entre as empresas, à organização do setor e ao desenvolvimento empresarial e territorial. Durante o programa, as empresas recebem capacitação e consultoria para alavancar a produtividade e eficiência nos negócios.

 

 

 

 

Fonte: Agência Contexto


Voltar

SIMMMEI - Sindicato das indústrias de Itajubá

ESCRITÓRIO - Rua Major Belo Lisboa, 22
7º andar - Centro
Itajubá - CEP: 37.500-016
(35) 3622-3547